"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Saiba como preservar a saúde das cordas vocais


04/11/2012 - 23:00:00 | 945

Usar a voz de maneira inadequada pode causar alterações da voz, como rouquidão crônica, hemorragia nas cordas vocais, e quando há associação com o fumo, correr risco de desenvolver doenças da laringe. O grito de gol de um torcedor durante uma partida de futebol já é capaz de gerar lesões nas cordas vocais. Também é importante evitar falar muito em ambientes barulhentos, pois neles é comum falar mais alto. Outro cuidado refere-se ao pigarro, pois ele causa impacto negativo nas cordas vocais. O pigarro pode ser sintoma de um problema gástrico, dentre eles o refluxo, ou até mesmo um hábito.  

Cuidar bem da voz faz bem também para a vida profissional. No Brasil, de acordo com a Academia Brasileira de Laringologia e Voz, apenas entre os professores estima-se que 2% deles estejam afastados por rouquidão, gerando uma despesa anual de R$ 100 milhões.  

Confira alguns cuidados com a voz: 

  • Tome dois litros de água por dia em temperatura ambiente;
  • Não grite de forma frequente, falar alto ou pigarrear demais, pois são ações muito agressivas.
  • Não fume. O cigarro é fator de risco para doenças benignas da laringe.
  • Não beba frequentemente.
  • Durma bem, pois durante o sono a voz descansa.
  • Quando se está resfriado é maior o esforço e, em razão disso, o ideal é falar menos.
  • Não fale baixinho com frequência. Cochichar pode gerar uma lesão laríngea que é tão maléfica quanto a provocada pelo ato de falar alto.
  • No período pré-menstrual as mulheres estão com as cordas vocais inchadas devido à retenção de líquido e algumas podem ter uma leve rouquidão que, falando em demasia, pode piorar o grau da rouquidão.
  • Caso a rouquidão dure mais de duas semanas, procure um fonoaudiólogo.

Autor:  Agência Comunicado

Fonte:  Site Melhor Amiga