"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Saiba quais são as propriedades terapêuticas do alecrim


04/11/2012 - 23:00:00 | 1077

O alecrim é conhecido também por rosmaninho. Trata-se de uma planta com forte e agradável cheiro, que pode ser encontrada como óleo essencial e que tem uma variedade de propriedades terapêuticas. É muito utilizada na terapia de aromas e indicada para combater pressão baixa, dores musculares, reumatismo, estafa e artrite, entre outros males. Seu óleo estimula o sistema circulatório e combate a fadiga, a bronquite e a sinusite. Os antigos acreditavam que o alecrim reforçava a memória.

Apesar das várias propriedades terapêuticas do óleo de alecrim, o uso é contraindicado na gravidez, em crianças menores de sete anos, hipertensos e para quem sofre de epilepsia.

O óleo de Alecrim tem uma ação sobre o cérebro e o sistema nervoso central. Ele ajuda nas dores de cabeça, enxaquecas, nevralgias, fadiga mental e esgotamento nervoso, o tem ação antisséptica e é especialmente indicado para infecções intestinais e diarreias. Também ajuda a aliviar má circulação e varizes.

O alecrim também pode ser usado para fins cosméticos, para o tratamento de problemas capilares, fios finos e quebradiços, e previne a seborreia. A substância ajuda a combater a celulite e a reduzir a oleosidade cutânea.

Para que seus cabelos fiquem bem brilhantes e macios, experimente enxaguá-lo com chá de alecrim. Se preferir, pode colocar de 2 a 3 gotas do óleo puro em shampoo neutro, para combater a caspa e a queda dos fios. Vale ressaltar que o shampoo não deve ter óleo mineral ou sal.

Dica Culinária – Para temperar saladas, uma boa alternativa é colocar, em um vidro esterilizado e de boca estreita, um galho de alecrim, de manjericão, coentro e um grão de pimenta da jamaica. Depois acrescente maçãs, água filtrada e sal. Deixe descansar. Na hora de servir, acrescente azeite.

Por: AgComunicado