"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Substâncias encontradas no guaraná ajudam na perda de peso


04/11/2012 - 23:00:00 | 1058

O consumo de guaraná tornou-se popular graças ao seu poder estimulante. Rico em cafeína, ele estimula o cérebro a funcionar com mais clareza e rapidez. No entanto, esse não é único benefício que o fruto traz à saúde. Suas sementes, compostas por vitaminas, minerais e outras substâncias benéficas, podem diminuir o cansaço físico e mental e ajudar na perda de peso, dentre outros benefícios.

Uma lenda indígena conta que o guaraná foi brotado na Amazônia por obra de Tupã, um dos deuses mais poderosos da cultura indígena. Atendendo às preces de um casal que não podia ter filhos, Tupã lhes concedeu uma criança bondosa e isso causou a ira de Jurupari, o deus da escuridão, que decidiu dar fim à vida do pequeno índio. Após essa tragédia, Tupã pediu aos pais que semeassem os olhos do menino na floresta, pois assim brotariam bons frutos. A lenda conta que ali, nasceram arbustos da paullinia cupana (nome científico do guaraná), usada pelos índios como alimento e em tratamentos fitoterápicos.

Perpetuado ao longo dos tempos, o guaraná ainda é muito utilizado como fitoterápico. Suas propriedades antioxidantes ajudam a retardar o envelhecimento, melhoram o funcionamento do organismo e, por consequência, problemas como diarreia, indigestão, flatulência e outros distúrbios gastrointestinais.

Estudos já comprovaram que o uso regular de guaraná é eficaz em dietas de emagrecimento, pois a cafeína e outras substâncias encontradas em sua composição aumentam o gasto de calorias. Algumas colheres de sua fórmula em pó  pode ser adicionada aos sucos de frutas ou água para ser usado como estimulante.

O guaraná é facilmente encontrado em supermercados e farmácias manipuladas, geralmente em cápsulas em pó ou em drinques energéticos. É necessário consultar um médico ou nutricionista antes de incluí-lo na dieta. Não deve ser consumido por pessoas que sofrem de insônia, problemas cardíacos, úlceras ou por mulheres grávidas.

É importante lembrar, se que ingerido em excesso, o guaraná pode causar azia, insônia e até dependência, como ocorre com os bebedores inveterados de café.
Por: AgComunicado